Entrevista de Henry para edição de Agosto da “Ceci Magazine”

Postado por Ju-Ninha no dia 26/07/13 em Entrevistas

Henry é destaque na edição de agosto da revista “Ceci Magazine”.

Ele pode ser famoso por sua cara de bebê, mas seu corpo está crescido. No ensaio fotográfico, ele mostrou seu abdômem definido. Henry tirou a camisa para revista, mostrando um visual mais viril como um desvio de sua fofura habitual.

Na entrevista, Henry fala sobre seu mini álbum solo “Trap” e sobre sua nova vida na Coreia.

Confira a entrevista abaixo e veja as fotos na Galeria SUJUbr.

A temporada de chuvas já começou. As nuvens estavam no céu da manhã, e começou a chover. Cansaço e chuva vieram ao mesmo tempo, e deram uma “aura deprimente”, e tememos que isso afetaria a sessão de fotos também. Mas um sol surgiu no estúdio. Com saudações brilhantes e sorriso no rosto, apenas a sua entrada fez a aura deprimente brilhante e clara, e o espaço estava cheio de energia brilhante. As preocupações da manhã eram uma coisa do passado e Henry, na frente de nossos olhos, era adorável. O estúdio ficou preenchido pela música “Get Lucky” do Daft Punk . Ele começou a se alongar, e os nossos olhos seguiram Henry, que participou da sessão de fotos como se estivesse dançando.

Ceci: As reações para “Trap” é incrível nos dias de hoje! Você pode se gabar de seu álbum solo, “Trap”?
Henry:É um mini-álbum com 6 músicas, incluindo uma canção que eu escrevi. A canção título “Trap” é uma música pop dance que começa com som de piano. Eu me preparei duro para mostrar muitos encantos, como canto, dança e piano.

Ceci: Você fez este álbum com os amigos?
Henry: Sim. Eles são amigos que conheci quando fui para os EUA para estudar música. O nome da equipe é Noizebank! Eu pensei que seria agradável preparar álbuns com eles, então eu liguei para eles aqui. Em primeiro lugar, as nossas opiniões diferem, por isso foi difícil. Mas depois de escrever 20 canções, encontramos o nosso conhecimento. Agora, vamos discutir de antemão qual estilo de música devemos fazer.

Ceci: De onde você tira inspiração para músicas ou letras?
Henry: Às vezes, quando eu assisto a filmes ou ouço músicas de outros cantores, eu quero escrever / compor. Agora, eu não tenho uma namorada, então eu uso a imaginação para canções de amor. Especialmente a música “143 (I Love You)”, que tem a minha experiência de amor. Estrangeiro que não pode falar coreano bem, se apaixonando por uma garota coreana! Minhas palavras ainda são desajeitadas, seus textos ainda são difíceis ~

Ceci: Wow, você está cantando ao vivo para a gente?
Henry: As letras são engraçadas, então eu espero que muitos possam ouvi-lá.

Ceci: Ouvimos dizer que você não sabia muito sobre Kpop quando você fez o teste no Canadá.
Henry: Eu queria fazer “música” em si, mais do que “me tornar um cantor”. Originalmente, eu estava tocando violino clássico, e naquela época eu estava para entrar na faculdade, entrei SM audição. Eu tinha muitas preocupações. Mas eu não me arrependo da minha decisão. Se eu tivesse escolhido violino clássico, eu não teria sido capaz de cantar ou dançar. Mas se você é um cantor, você ainda pode tocar violino.

Ceci: Você não tem arrependimentos para violino clássico? Canções de ídolos e música clássica são dois gêneros totalmente diferentes.
Henry: Eu não acho que há “divisões” na música. Quando eu estava na escola, eu participei de clubes de dança pop e violino, e ao mesmo tempo fazendo as duas coisas, eu tinha este pensamento: Seria possível dançar enquanto toco violino? E para ser honesto, as meninas não vão gostar de você só porque você toca violino. (Risos) Eu queria parecer mais legal.

Ceci: Em “Trap”, há uma performance em que você pisa em cima do piano e dança. É a mesma coisa?
Henry: Sim. A Canção-título desta vez tem o piano como instrumento principal, e eu pensei em conjunto com muitas pessoas sobre como mostrá-lo de forma única. Eu não gosto de ser igual aos outros. Há muitas pessoas que tocam o piano no palco, mas eu acho que é raro encontrar alguém que iria começar a dançar enquanto toca piano. Misturei bem os dois.

Ceci: Como é a sensação de estar no palco sozinho, longe dos hyungs do Super Junior-M?
Henry: Quando eu estava fazendo as atividades do grupo, eu tinha que fazer o meu melhor para minhas partes. Agora, eu tenho que performar sozinho do início ao fim, então eu me senti muito pressionado. Mas estou feliz que eu posso fazer a música que eu quero, agora que eu estou sozinho.

Ceci: Qual membro que você pode confiar mais no Super Junior?
Henry: Antes de eu entrar, KyuHyun hyung era o maknae. Assim, ele cuidou mais de mim. Ele se participou deste álbun e no meu aniversário, eu estava sozinho em casa, e ele veio com um bolo para me felicitar. Fiquei muito agradecido.

Ceci: Deve ter sido difícil se adaptar a Coreia quando você veio aqui como trainee.
Henry: No início, eu não era capaz de falar coreano. Levei tempo para entender a cultura a cultura sun/hoobae também. As primeiras palavras que eu disse ao professor Lee Sooman foi “A-yo, como você você está?”. Através da vivência com os hyungs, eu aprendi a falar os discursos corretos, e boas maneiras (exclusivos para a cultura coreana).

Ceci: Ouvimos dizer que quando você estava fazendo atividades na China, você foi para 4-5 cidades por semana. Você está ajustado para o sistema ídolo coreano que não o deixa descansar?
Henry: Agora, os aviões são apenas carros. Xangai na parte da manhã, Pequim à noite para a entrevista. Situações assim acontecem, mas estou gostando. Eu posso ir a muitas cidades e conhecer muitos fãs, encontrar novos ambientes, e comer a comida de lá! (Risos) Eu acho que são trabalhos divertidos.

Ceci: Ir para os EUA para estudar música deve ter sido um momento engraçado em sua vida.
Henry: Toda vez que eu subi no palco durante as atividades do Super Junior-M, meu coração estava pesado. Eu não estava satisfeito com a necessidade de cantar músicas de outra pessoa. Então eu pensei que eu deveria aprender mais sobre música. Na faculdade, estudei como compor músicas.

Ceci: Deve ter tido muita coragem para dizer a empresa no meio de atividades que você desejava ir estudar. Como você os convenceu?
Henry: Eu lhes disse que ru iriafazer boa música, e pedi algum tempo. Eu disse iria voltar como uma pessoa mais legal. No início, eles diziam que não, e eu continuei a persuadi-los. Foram 4 meses curtos, mas eu encontrei o meu verdadeiro eu. Sem o tempo que passei lá, “Trap” não existiria.

Ceci: Recentemente, em sua aparição no programa “Happy Together”, você fez brincadeiras com as noonas. Você também fez um comentário direto, para Dasom do Sistar que ela é bonita. Você deve ser o tipo que é honesto com o sexo oposto?
Henry: Eu não sou necessariamente honesto apenas com as garotas. Eu sou o tipo de falar honestamente mesmo na vida normal, eu disse que ela é bonita, porque ela é bonita.

Ceci; Mas na Coreia do Sul, se você diz o que você pensa imediatamente, você pode encontrar situações preocupantes!
Henry: Eu não tenho maus pensamentos, por isso está tudo bem (Risos).

Ceci: Existe um outro programa de variedades que você quer tentar?
Qualquer coisa, tudo. PD-nim, me ligue a qualquer hora!

Ceci: Recentemente, você terminou a gravação do filme “Final Recipe”. Por favor, dê dicas sobre o filme.
Henry: É uma história sobre um jovem pobre, que tem um sonho de ir para uma competição culinária. Gravamos na Tailândia, China e Coreia. Eu mesmo estudei muito para me preparar para o filme. Eu pensei que para entrar em um papel, você tem que saber quem você é primeiro. E a cena de choro era muito difícil, mas agora, eu posso chorar dentro de 10 segundos. (Risos)

Ceci: Agora, última pergunta. Qual é o objetivo do Henry?
Henry: Através deste álbum, muitas pessoas vão aprender sobre Henry. E eu espero que, no futuro, a música de Henry se torne a “OST de sua vida” para alguém. A música que você pode ouvir durante a leitura em casa, dirigindo, ou saindo!

Ceci | @sj-empire.com | sup3rjunior.com | allkpop
Tags: ,
Compartilhe!
  • Que entrevista legal! “Trap” é um single maravilhoso e estou cada dia mais encantada pelo Henry. Amei a leitura, obrigada por traduzir! <3

  • Danny

    Na parte em que ele disse
    “Mas estou feliz que eu posso fazer a música que eu quero, agora que eu estou sozinho.”-
    Ele não saiu do Super Junior M, né?

  • Thami~Eunhae

    ” E eu espero que, no futuro, a música de Henry se torne a “OST de sua vida” .
    Awn isso é muito lindo *——-*

    apenas o mochi sendo o mochi <3

  • pq sempre o henry vai cantar parece q ele ta gripado kkkkkkkkkkk

    eu sei q esse e o timbre dele mas sempre e acho isso